Portal da Cidade Paranavaí

Em alerta

Primeiro LIRA do ano mostra alto índice de infestação da dengue em Paranavaí

O levantamento registrou média de 4,9, representando alto risco de infestação e um ritmo acelerado de proliferação das larvas do mosquito Aedes Aegypti.

Postado em 18/01/2021 às 15:43 |

As regiões com maior infestação de larvas são as que abrangem os jardins Ouro Branco, Santos Dumont e Vila Operária. (Foto: Prefeitura de Paranavaí)

Os agentes de endemias de Paranavaí finalizaram nesta segunda-feira (18) as visitas domiciliares em todos os bairros da cidade para fazer o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes (LIRA) de 2021. O resultado é preocupante. O novo LIRA registrou média de 4,9, representando alto risco de infestação e um ritmo acelerado de proliferação das larvas do mosquito Aedes Aegypti.

Para a realização do novo LIRA, a Vigilância em Saúde dividiu a cidade em cinco setores de fiscalização. Dois setores estão com alto risco de infestação, com índices de 6,7 e 6,0. Os outros três setores estão na faixa de médio risco, com índices entre 3,8 e 3,2. No total, foram inspecionados 2.179 imóveis entre os dias 11 e 15 de janeiro.  

As regiões com maior infestação de larvas são as que abrangem os jardins Ouro Branco, Santos Dumont e Vila Operária. “Principalmente nesta região, o alerta é total. Estamos em um período de constantes chuvas que podem acelerar ainda mais o ritmo de proliferação do mosquito da dengue. Pedimos a colaboração da população com a limpeza das casas e terrenos para que não enfrentemos dias piores”, aponta a diretora da Vigilância em Saúde, Keila Stelato. 

"O mundo enfrenta a dura pandemia de Covid-19 e nós em Paranavaí continuamos em situação de surto endêmico de dengue. E, historicamente, a tendência para os próximos meses é que a situação seja agravada por conta da estação das chuvas, combinada com as altas temperaturas. Ou a população desperta e nos ajuda nesta luta contra a dengue, ou um surto grave como o de 2013 vai ser inevitável. Essa não é uma luta apenas nossa, mas de todo cidadão”, lamenta a secretária de Saúde, Andréia Vilar. 

Balanço – Os números de 2020 mostram como Paranavaí teve que lidar ao mesmo tempo com a pandemia de Covid-19 e a epidemia de dengue. Durante todo o ano foram 7.766 casos notificados, 6.908 positivados, 852 descartados e 6 inconclusivos. “Foram números altíssimos e que certamente não queremos repetir em 2021”, finaliza Andreia.

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas