Portal da Cidade Paranavaí

Saúde

Medicamentos vencidos serão recolhidos até 15 de outubro em Paranavaí

Os remédios podem ser entregues em dois pontos de coleta: na Farmácia Municipal e na Farmácia da 14ª Regional de Saúde.

Postado em 19/09/2018 às 14:30 | Atualizado em 19/09/2018 às 14:38

O descarte correto dos medicamentos evita poluição ambiental. (Foto: Reprodução)

A Secretaria Municipal de Saúde e a 14ª Regional de Saúde já estão há pouco mais de um mês coordenando a Campanha de Logística Reversa de Medicamentos em Paranavaí. A ideia é que a população entregue remédios vencidos e sem uso para que seja feito o descarte correto destes materiais. A Campanha vai até o dia 15 de outubro.

“Em Paranavaí, temos dois pontos de coleta: na Farmácia Municipal e na Farmácia da 14ª Regional de Saúde. Basta que a pessoa leve os medicamentos vencidos e sem uso até um destes locais e nós faremos o descarte correto posteriormente. Não é preciso fazer nenhum cadastro ou apresentar documentos. É só chegar e colocar os medicamentos nos dois coletores. No primeiro coletor são colocadas as partes recicláveis, como as bulas e as caixas, e no segundo coletor os medicamentos em si”, explica a farmacêutica do município, Keylla Kutani Sereja.

A Campanha de Logística Reversa de Medicamentos é semelhante a outras campanhas de descarte de pneus, lâmpadas, eletrônicos e pilhas já realizadas no município. “É importante que a população participe desta ação. Precisamos proteger o meio ambiente fazendo o descarte correto destes medicamentos, que são altamente poluentes. Muita gente descarta remédios em lixo comum ou até mesmo no esgoto e isso é altamente prejudicial ao meio ambiente. Além disso, incentivamos as pessoas a descartarem os medicamentos vencidos e sem uso para evitar a automedicação e todos os riscos de intoxicação que estão envolvidos”, frisa Keylla.

Mas é importante ressaltar que a Campanha de Logística Reversa de Medicamentos é apenas para o descarte de remédios. Os pontos de coleta não receberão insumos como seringas, agulhas e lancetas para medição de glicemia.

Fonte: Portal da Cidade Paranavaí

Deixe seu comentário