Portal da Cidade Paranavaí

mistério no céu

Passagem de meteoro pode ter sido motivo de estrondo e clarão no noroeste

Moradores de Paranavaí e diversas cidades da região relatam ter visto um clarão no céu, seguido de um estrondo. Veja o que diz o Observatório Astronômico

Postado em 13/09/2019 às 11:35 |

Clarão foi visto por volta das 5h40 da manhã, segundo relatos de moradores. (Foto: Ilustrativa)

Um barulho intenso e prolongado, semelhante a um trovão, intrigou moradores do noroeste do Paraná, no início da manhã desta sexta-feira (13). Várias pessoas relataram ter ouvido o estrondo. Outras, relatam ainda terem visto um clarão se deslocar no céu pouco antes do barulho.

Moradores de Paranavaí, São Carlos do Ivaí, Tamboara, Paraíso do Norte, Guairaçá, São João do Caiuá, Planaltina do Paraná e Alto Paraná, são alguns dos que relataram terem visto ou ouvido o fenômeno.

O Agricultor, Amauri Schuroff, foi um dos que presenciou e se intrigou com o fato. Ele se preparava para ordenhar as vacas, em uma propriedade rural, em Graciosa, quando foi surpreendido pelo clarão no céu. “Apareceu um clarão e uma bola de fogo bem grande. Em seguida, um barulho forte, com eco, parecido com uma explosão. Passou bem em cima da propriedade”, relatou o agricultor.

Outra moradora de uma fazenda em Planaltina do Paraná, Juraci Volpato, disse que acordou com o barulho. “Foi um forte estrondo, tipo um trovão. O pessoal que estava ordenhando as vacas viu uma claridade no céu e, em seguida, o estrondo.”

Em Paranavaí, o comerciante José Marinho, também relata ter testemunhado o fato. “Ouvi o barulho, achei que fosse chuva. Fiquei até feliz.”

Em Nova Aliança do Ivaí, o operador de trator, Wellinton Gomes, estava trabalhando em uma lavoura de cana quando se deparou com o clarão no céu. “Era umas 5h30, mais o menos. Estava dirigindo o trator e de repente veio um clarão, parecendo um relâmpago. Abri a porta do trator e desci. Na hora veio um barulho bem alto, chegou tremer o chão”, relatou. 


O Portal da Cidade entrou em contato com o Observatório Astronômico do Colégio Estadual do Paraná (OACEP), em Curitiba, para saber sobre o fenômeno. Segundo o professor Amauri José da Luz Pereira, que estuda esse tipo de fenômeno há 25 anos, pelas características relatadas, a principal hipótese é que seja um meteoro brilhante que passou pela região. “Quando o meteoro entra em contato com a atmosfera sofre uma explosão [clarão] e a onda de choque é o que provoca o barulho”, explicou o professor.

O professor salienta que quando conseguem localizar onde esses meteoros caem, recolhem para estudo. “Esses materiais são restos de construção que tem a idade de formação da Terra e ajudam a entender um pouco mais sobre o sistema solar, por isso, são bastante importantes para a ciência. Se alguém viu o local em que ele caiu, peço que nos avise que vamos recolher”.

O telefone do Observatório Astronômico do Colégio Estadual do Paraná é: (41) 3234-5612


Fonte:

Deixe seu comentário