Portal da Cidade Paranavaí

Coronavírus

Paranavaí manterá medidas preventivas mesmo após declarações de Bolsonaro

"A cautela é necessária nesse momento e continuamos dando seguimento ao que foi discutido e deliberado nas reuniões do Gabinete de Crise", disse KIQ

Postado em 25/03/2020 às 14:09 |

Bolsonaro sugeriu a "volta à normalidade" durante seu pronunciamento. (Foto: Agência Brasil)

Pouco depois do pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro, em rede nacional, na noite desta terça-feira (24), sobre a situação do coronavírus no país, o prefeito KIQ informou em sua rede social que, apesar das recomendações feitas em pronunciamento presidencial, os decretos do Executivo Municipal com medidas para o enfrentamento do avanço da doença continuam valendo.

"Chegará sim o momento de retomarmos a vida normal, mas entendemos que ainda não é o momento. Por ora, nosso decreto tem validade por 7 (sete) dias e, caso a situação não mude, prorrogar-se-á por igual período automaticamente. Dentro desse período discutiremos exaustivamente as medidas a serem adotadas, com planejamento e estudo", disse o prefeito.

Na fala desta terça-feira (24), o presidente chamou a doença de "resfriadinho", contrariou especialistas e pediu o fim do "confinamento em massa". Ele também fez um apelo pela "volta à normalidade" e culpou a imprensa por "espalhar pavor". 

KIQ ressaltou que a cidade vai continuar seguindo as ações estudadas pelo Comitê de Operação Emergencial (COE), criado para o enfrentamento do coronavírus em Paranavaí.

 "A cautela é necessária nesse momento e continuamos dando seguimento ao que foi discutido e deliberado nas reuniões do Gabinete de Crise. Não há motivo para pânico ou apavoramento, todavia, precisamos manter as medidas preventivas já adotadas", afirmou KIQ.

Veja como foi o pronunciamento do presidente:





Fonte:

Deixe seu comentário