Portal da Cidade Paranavaí

Vigilância em Saúde

Em nove meses, Paranavaí somou quase 7 mil casos confirmados de dengue

Durante esse período, também foram confirmadas sete mortes por dengue na cidade, três em fevereiro, duas em março, uma em abril e uma em maio.

Postado em 02/10/2020 às 13:11

O primeiro quadrimestre (de 1º de janeiro a 30 de abril) registrou 97,10% dos casos positivos. (Foto: Genilton Vieira/IOC)

Um levantamento realizado pelo setor de epidemiologia da Vigilância em Saúde de Paranavaí mostra que, de 1º de janeiro a 30 de setembro deste ano, um total de 7.464 pessoas foram notificadas com suspeita de dengue na cidade. Deste total, 6.859 casos foram confirmados, 596 descartados e nove aguardam resultados dos exames.

O primeiro quadrimestre (de 1º de janeiro a 30 de abril) registrou 97,10% dos casos positivos de dengue em Paranavaí. No mês de janeiro foram 3.326 confirmados, outros 2.147 em fevereiro, 863 em março e 324 em abril, um total de 6.660 no período mais quente do ano.

Em nove meses, também foram confirmadas sete mortes por dengue na cidade: três em fevereiro, duas em março, uma em abril e uma em maio. Esses óbitos foram investigados pela Secretaria de Estado da Saúde e receberam laudo positivo para causa morte por dengue. Outros dois óbitos ocorridos em agosto ainda estão em investigação – de um homem, de 34 anos, e um menino, de 10 anos.

A preocupação agora é com as altas temperaturas que têm sido registradas em Paranavaí desde o início da primavera. Conforme a Vigilância em Saúde, o calor, aliado aos períodos de chuvas, compõem a receita perfeita para a procriação das larvas do mosquito Aedes Aegypti que podem estar depositados em calhas, vasos de plantas, comedouros de animais, pneus, garrafas e outros recipientes indevidamente descartados ou armazenados nos quintais das residências, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais. Por isso, a recomendação da é que os cuidados com a dengue sejam retomados o quanto antes para evitar uma epidemia na cidade.

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário