Portal da Cidade Paranavaí

Política

Gehlen revela que não será candidato a prefeito e a nenhum outro cargo político

“Eu decidi que eu não sou mais candidato a nada porque eu cansei da vida pública e quando entrei nela, pude ver que a sujeira é muito grande”.

Postado em 10/06/2019 às 17:32 |

Gehlen também revelou que vai se desfiliar do Partido Verde (PV). (Foto: Portal da Cidade Paranavaí)

O empresário Maurício Gehlen, que foi candidato a deputado estadual , pelo Partido Verde (PV) na última eleição e obteve mais de 21 mil votos, declarou que não vai mais se envolver com política. Em entrevista ao radialista Cláudio Luiz, da Rádio Cultura FM 93,7, ele explicou os motivos que o levaram a tomar a decisão. 

“Eu decidi junto com meus amigos, meus funcionários e a direção da empresa na qual sou sócio. Nós decidimos de uma forma conjunta e o Caminho da Fé [trajeto de peregrinação brasileiro inspirado no Caminho de Santiago de Compostela, feito por alguns peregrinos em direção ao Santuário de Aparecida], me deu essa inspiração de eu retornar a Paranavaí e tomar essa decisão de não me envolver mais com a política pública e continuar fazendo essa minha política classista de atendimento às pessoas. Eu entendi que consigo fazer muito mais do que disputando mais uma campanha a prefeito da cidade de Paranavaí”, explicou Gehlen.

O empresário contou que se envolveu com a política numa tentativa de promover mudanças, mas acabou tendo muitos problemas. “Infelizmente já arrumei muita confusão para mim, para a minha família, para meus amigos e pude perceber que isso não vale a pena. Eu queria entrar para a política, até porque, os homens de bem devem se envolver com isso, mas percebi que a gente acaba caindo na mesma vala comum de todos e sendo, muitas vezes, taxado de gente que entra para esse meio para fazer parte. E esse não é o meu perfil, eu sempre fui uma pessoa muito ética, muito honesta comigo mesmo, com as pessoas que me cercam e com os meus negócios”, ressalta.

Gehlen também contou que já respondeu a muitos processos judiciais em virtude de desavenças políticas. “Meus adversários tentaram manchar a minha imagem, falaram coisas inverídicas, mas, muitos [os processos] eu já ganhei na justiça. Porém, isso dá muito trabalho, muito gasto, e eu entendi que eu posso gastar esse dinheiro com coisas melhores do que ficar me defendendo do que eu não fiz. Então, decidi que não sou mais candidato a nada, nem a vereador, nem prefeito, nem deputado na próxima [eleição], porque eu cansei da vida pública e quando entrei nela, pude ver que a sujeira é muito grande.”

Ele, que sempre esteve envolvido com a causa social, explica que continuará fazendo isso, apesar do afastamento da vida política. “Eu quero tranquilizar toda a população, que isso não muda nada em minha vida, só me dá mais tranquilidade e energia para eu continuar fazendo tudo o que faço para as pessoas.”

Gehlen também revelou que vai se desfiliar o Partido Verde (PV), do qual era presidente, e o grupo dele já foi comunicado sobre a decisão. “Meu grupo já entendeu, sabe que eu tomei essa decisão para o Maurício, não para as outras pessoas”, explicou.


*Colaboração do Repórter Cláudio Luiz, Rádio Cultura FM 93,7.

Fonte:

Deixe seu comentário