Portal da Cidade Paranavaí

Região

Bandidos não conseguiram levar dinheiro de agência bancária em Guairaçá

Criminosos fugiram deixando um carro com explosivos. O esquadrão antibombas de Curitiba esteve no local e recolheu o artefato.

Postado em 15/06/2019 às 09:14 |

Esquadrão antibombas chegando para remover artefato explosivo. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

(Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

A invasão de um banco por assaltantes na madrugada desta sexta-feira (14) mobilizou a Polícia Militar a o esquadrão antibombas de Curitiba. Isso porque, após arrombarem a vidraça do banco, os criminosos fugiram deixando explosivos em um veículo. 

Conforme a Polícia Militar, os bandidos tiveram acesso ao local onde ficam os caixas eletrônicos, mas não conseguiram levar dinheiro. No carro, com placas de Maringá, deixado estacionado próximo ao banco, o esquadrão antibombas encontrou um artefato explosivo, que foi retirado e detonado em um aterro sanitário.

Ainda segundo a Polícia, as imagens do sistema de monitoramento da agência, flagraram dois indivíduos encapuzados, trajando blusas de cor escura, segurando um objeto que aparentava ser uma barra de ferro. Os homens tentaram acessar o terminal bancário. Em outra imagem aparece um automóvel parado em frente ao banco e os indivíduos entrando no veículo.

 No local foram localizadas duas munições calibre .38 a uma quadra do veículo abandonado. Conforme a PM, algumas pessoas informaram que na saída de Guairaçá, sentido terra rica, tiveram os pneus dos veículos furados por “miguelitos”, espécie de pregos jogados pelos bandidos.

 Denúncias anônimas informaram ainda que na estrada rural de Guairaçá, sentido a Amaporã, foram localizados mais 26 “miguelitos”, uma toca bala clava de cor preta e uma toalha higiênica, possivelmente objetos utilizados pelos indivíduos que entraram no banco.

Até o momento nenhum suspeito foi preso. O veículo e todos os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Terra Rica. Não foi levado dinheiro dos caixas eletrônicos.


Fonte:

Deixe seu comentário