Portal da Cidade Paranavaí

Apreendido

Adolescente de 17 anos confessa autoria de dois homicídios em Paranavaí

O menor também confessou ter participado de uma tentativa de homicídio e foi reconhecido como autor de diversos roubos ocorridos recentemente na cidade

Postado em 13/12/2018 às 14:57 |

(Foto: Imagem Ilustrativa)

A Polícia Civil elucidou nesta quarta-feira (12) mais dois casos de homicídios ocorridos recentemente em Paranavaí, ambos no Conjunto Habitacional Geraldo Felipe. O autor dos dois assassinatos, um adolescente de 17 anos, já era investigado pela prática de outros crimes.

Na tarde de ontem ele e outro menor foram localizados pela Polícia Militar portando porções de cocaína, um simulacro de arma de fogo e uma máscara. A dupla foi encaminhada para a delegacia de Paranavaí e o delegado de plantão determinou a apreensão deles.

De acordo com a Polícia Civil, quando foi confrontado com as provas até então já obtidas referente aos homicídios, o adolescente confessou ter matado, no dia 1° de novembro, o jovem Diego Rosa Ferreira, de 23 anos, que estava na cidade há pouco tempo.

 O adolescente disse que cometeu o crime porque tinha uma rixa com a vítima, que seria ligada a uma facção criminosa rival, e teria a intenção de matá-lo.

O outro homicídio elucidado aconteceu no dia 29 de novembro. O jovem Alisson Marques dos Santos, de 16 anos, também foi morto a tiros.  O autor do assassinato, o mesmo adolescente de 17 anos, disse para a Polícia, que era amigo da vítima, mas segundo ele, teria matado porque este estava tentando se envolver com a namorada dele.

“Essas confissões vão ao encontro do que já apontavam as investigações, no entanto, embora tenha ele afirmado que nos dois casos agiu sozinho, a Polícia Civil continua as investigações, pois, ao menos no segundo homicídio, há fortes indícios da participação de, pelo menos, mais uma pessoa”, explica o delegado Chefe da 8ª Subdivisão Policial, Luiz Carlos Manica.

Ainda segundo o delegado, o adolescente confessou, que no mês de outubro tentou matar outra pessoa com quem tinha desentendimentos: um rapaz de 19 anos, que segundo ele teria o ameaçado. A vítima levou um tiro na cabeça e outro nas costas, mas foi socorrido e sobreviveu ao ataque.

A Polícia Civil ainda apurou que os dois menores apreendidos foram reconhecidos como autores de roubos recentes em Paranavaí. Após a confecção do procedimento legal de apreensão de menor, ambos foram encaminhados, na tarde de ontem, ao Ministério Público e em seguida ao estabelecimento próprio para adolescente infrator, onde devem permanecer internados.

O adolescente que confessou os homicídios já esteve internado em estabelecimento para menores, em 2016, por estar envolvido em outro homicídio, o qual vitimou o adolescente Eduardo Rodrigues de Souza, de 13 anos.

Apesar da grande quantidade de atos infracionais que o adolescente já cometeu, o tempo máximo de internação o qual poderá ser submetido é de três anos, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a investigação continua trabalhando para esclarecer outros aspectos dos dois casos confessados e também a autoria de outros homicídios praticados recentemente em Paranavaí.

Fonte:

Deixe seu comentário