Portal da Cidade Paranavaí

Nutrição

Seja livre para comer de tudo, sem sair de uma dieta saudável

"Comece devagar e faça as escolhas corretas, sem mudar tudo do dia para a noite. A ideia é uma mudança saudável", esclarece a nutricionista, Nassara Jorge.

Postado em 13/09/2019 às 08:10 |

Dietas extremas podem até sugerir o contrário, mas todos nós precisamos praticar uma alimentação que equilibre proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais para sustentar um corpo saudável.

Quando o objetivo é comer de tudo, sem sair de uma dieta saudável, não é necessário eliminar certas categorias de alimentos, mas sim selecionar opções melhores.

Uma dieta saudável não precisa ser extremamente complicada. O principal objetivo é substituir alimentos processados por alimentos in natura, produzidos diretamente de plantas ou animais. Essas mudanças podem ajudar a melhorar o humor e reduzir o risco de problemas no coração.

A proteína nos dá energia, bom humor e função cognitiva, como desenvolvimento de memória, atenção, linguagem, percepção. A gordura boa também é essencial, pois protege o cérebro e o coração. O ômega-3, por exemplo, é vital para saúde física e emocional. 

Compreender como incluir uma gordura mais saudável na sua dieta pode ajudar a melhorar o humor, aumentar o bem-estar e até afinar a cintura. Só devemos tomar cuidado com as gorduras ruins, pois elas podem destruir uma dieta e aumentar o risco de várias doenças.

O carboidrato também é muito importante. Os hidratos de carbono constituem uma das principais fontes de energia de seu corpo, mas a maioria deve vir de vegetais, grãos integrais, frutas, entre outros. Se você retirar o pão branco, amidos e açúcar, pode evitar picos rápidos de açúcar no sangue, flutuações de humor e energia, e um acúmulo de gordura, especialmente em torno da cintura.

Comer alimentos ricos em fibras dietéticas, como grãos, frutas, vegetais, nozes e feijão, pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardíacas, acidente vascular cerebral (AVC) e diabetes. Também pode melhorar sua pele e até mesmo auxiliar na perda de peso.

É vital incluir alimentos ricos em cálcio em sua dieta. Assim o corpo mantém ossos e dentes saudáveis à medida que envelhece. Não obter cálcio suficiente na sua dieta pode, além de levar a osteoporose, contribuir para ansiedade, depressão e dificuldades de sono.

A ideia é fazer uma mudança saudável. Sem mudar tudo do dia para a noite, pois a chance de desistir pode aumentar. Comece devagar e faça as escolhas corretas. Não pense em alimentos específicos como proibidos, isso não funciona! Quando você os proíbe é natural querer ainda mais e, ao não resistir à tentação, se sente culpado. 

Dicas:

  1. Adicione uma salada à dieta uma vez por dia;
  2. Cozinhe mais em casa, de forma adequada;
  3. Leia os rótulos;
  4. Tire alimentos não saudáveis e substitua por alternativas saudáveis;
  5. Coma apenas o que o corpo precisa.

Se o objetivo é perder peso, significa que deve comer menos do que come agora. Não significa eliminar todos os alimentos que você ama. Comer pizza no domingo, por exemplo, pode ser considerado moderado, se ao longo da semana você se alimenta de forma saudável.


Conheça a colunista

A nutricionista, Nassara Radige Jorge (CRN 6377), é sócia-proprietária da clínica Pró-Saúde. Formada pela Universidade Paranaense de Paranavaí (Unipar) e pós-graduada em nutrição clínica e funcional.

Acompanhe a especialista pelas redes sociais: Instagram e Facebook

Serviço

Nassara atende na clínica Pró-Saúde, Rua Getúlio Vargas, 1560, Centro de Paranavaí.

Telefones: (44) 3045-3722, (44) 3422-3153 ou (44) 99163-3553

WhatsApp: (44) 99111-4279


Conteúdo de responsabilidade da colunista.

Fonte:

Deixe seu comentário