Portal da Cidade Paranavaí

Alimentação

Seis dicas para controlar a fome noturna

A nutricionista Nassara Jorge afirma que a fome noturna aparece em pessoas com vida agitada, alto grau de estresse, ansiedade e pressão no trabalho.

Postado em 13/11/2019 às 06:30 |

A fome noturna é um problema enfrentado por muitas pessoas. Caracterizada pela falta de apetite durante o dia e o inverso durante a noite, ela se manifesta em indivíduos que possuem uma vida agitada, alto grau de estresse, ansiedade e pressão no trabalho.

Geralmente, a alimentação diurna dessas pessoas é “pobre”. Com mudanças de humor e ansiedade crescente ao longo do dia, esses sintomas, aliados à fraqueza e à fadiga, colaboram para o desenvolvimento da fome noturna.

À noite, o alimento é ingerido em beliscadas sucessivas. Muitos levantam da cama várias vezes para comer e só depois conseguem dormir. É diferente da compulsão alimentar, em que a ingestão de alimentos acontece em grandes quantidades de uma só vez. No entanto, em ambos os casos a comida funciona como uma espécie de ansiolítico e antidepressivo.

Via de regra, os alimentos consumidos são ricos em carboidratos e gorduras, ingeridos, praticamente, sem mastigar e, muitas vezes, às escondidas. Depois de comer, vem a culpa e autodepreciação, que aumentam a ansiedade, levando à comida, causando culpa, e aumentando a ansiedade. Tornando-se um ciclo vicioso, que precisa ser tratado.

Para contornar essa situação, que estraga qualquer reeducação alimentar e, consequentemente, a eliminação de peso, veja seis dicas para controlar a fome no período da noite.

  1. Evite grandes intervalos de tempo sem comer nada. Faça, em média, seis refeições diárias;
  2. Não pule as principais refeições (café da manhã, almoço e jantar) como forma de reduzir calorias;
  3. Coma ou beba algo antes de ir para casa após o trabalho, como uma fruta ou uma bebida sem açúcar, leite desnatado, suco de frutas ou água de coco;
  4. Evite doces. Troque por frutas desidratadas ou bananas. Coma mais frutas, como maçãs e laranjas, fazem bem à saúde e reduzem a vontade de comer doces;
  5. Comece o jantar com um bom prato de vegetais. Uma bela salada verde com atum, sardinha ou ovo cozido, coberta com iogurte natural, bem temperada com alho e ervas, como orégano;
  6. Escove os dentes assim que terminar de comer. Essa prática desestimula a comer de novo, pois altera o sabor da comida.


Conheça a colunista 

A nutricionista, Nassara Radige Jorge (CRN 6377), é sócia-proprietária da clínica Pró-Saúde. Formada pela Universidade Paranaense de Paranavaí (Unipar) e pós-graduada em nutrição clínica e funcional.

Acompanhe a especialista pelas redes sociais: Instagram e Facebook

Serviço

Nassara atende na clínica Pró-Saúde, Rua Getúlio Vargas, 1560, Centro, Paranavaí.

Telefones: (44) 3045-3722, (44) 3422-3153 ou (44) 99163-3553

WhatsApp: (44) 99111-4279


Conteúdo de responsabilidade da colunista.

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário