Portal da Cidade Paranavaí

Ginecologia

Ninfoplastia: cirurgia íntima remove o excesso de pele nos lábios internos

A ginecologista e obstetra Nara Chiamulera destaca que não existe um padrão para a região íntima, mas que o procedimento tem diversos benefícios. Conheça.

Postado em 11/02/2020 às 08:30 |

Nara atende na Clínica Humaniter, Rua Amapá, 1800, Centro, em Paranavaí.

Ninfoplastia ou correção da hipertrofia dos pequenos lábios vaginais é um procedimento cirúrgico e estético realizado para remoção do excesso de pele presente nas bordas dos lábios internos da vagina.

Quando esses lábios crescem mais que os grandes lábios, ocasionando uma assimetria, podem causar sintomas como:

  • Desconforto durante a relação sexual;
  • Dor e incômodo, variando conforme o tipo de roupa ou calcinha que usar;
  • Infecções urinárias recorrentes, devido acúmulo de secreções e dificuldade para higienização da região;
  • Constrangimento, vergonha ou baixa autoestima, relacionado com a parte estética.

Como é a cirurgia?

A cirurgia trata-se da remoção da pele excedente do lábio vaginal interno e possui duração de aproximadamente 40 minutos a 1 hora.

A finalização do processo é feita com sutura de fios absorvíveis (não é necessário remover, pois são absorvidos pelo organismo) de forma que não se veja cicatriz.

(Foto: Reprodução/Site Laser Escultura)

A ninfoplastia pode ser feita de duas maneiras: no consultório, com anestesia local e corte à laser, recebendo alta no mesmo dia ou no hospital, também com anestesia local, sedação ou raquianestesia, com alta no mesmo dia ou no dia seguinte.

Após o procedimento é normal a região ficar edemaciada, avermelhada e roxa. Nesta fase, compressas de gelo durante 15 minutos, três vezes ao dia são aliadas aos medicamentos analgésicos para uma recuperação menos sintomática.

O pós-operatório requer alguns cuidados específicos:

  • Fazer mais repouso durante a primeira semana, de preferência com as pernas elevadas, para melhorar a vascularização e diminuir a dor e o inchaço;
  • Usar roupas mais largas, evitando peças justas como leggins, meia calça, calça jeans ou shorts; 
  • Retornar ao trabalho após 10 a 15 dias;
  • Esperar 40 a 45 dias para voltar a ter relações sexuais ou fazer exercícios físicos;
  • Higienizar bem o local, mantendo a região limpa e seca;
  • Lavar a região com água e sabonete ou soro fisiológico por, pelo menos, 10 a 15 dias após urinar ou defecar;
  • Usar pomadas cicatrizantes que ajudam a evitar coceira e inflamação;
  • Usar calcinha de algodão, larga e confortável;
  • Evitar dirigir nos primeiros dias após a cirurgia;
  • Não fumar e não ingerir bebida alcoólica até 10 dias depois da cirurgia.

(Foto: Reprodução/Site Moema Santana)

Quais são os benefícios do procedimento?

Melhora autoestima da mulher, deixando-a mais confortável com todo tipo de roupa; diminui chances de infecções vaginais e urinárias; e melhora o desempenho sexual, já que os lábios grandes podem causar dor durante o contato íntimo ou constrangimento da mulher perante o parceiro (a).

Vale lembrar que não existe um padrão para área íntima. A mulher que conhece seu corpo pode aceitá-lo da maneira como ele é.

Antes de decidir fazer a cirurgia a paciente deve esclarecer todas as dúvidas. A indicação para esse procedimento será de acordo com as queixas da mulher e da avaliação do exame físico, realizado por um (a) ginecologista.


Conheça a colunista

A ginecologista e obstetra, Nara Chiamulera (CRM/PR 31.042, RQE 20313), é formada em medicina pelo Centro Universitário Ingá (Uningá). Trabalha com pré-natal, parto humanizado e puerpério, anticoncepção, inserção de DIU/Mirena, implantes hormonais, cirurgia cosmética ginecológica e saúde sexual.

Acompanhe a especialista pelo Instagram

Serviço

Nara atende na Clínica Humaniter, Rua Amapá, 1800, Centro, em Paranavaí.

Telefones: (44) 3423-5969, (44) 3423-1486 ou (44) 3423-3744

WhatsApp: (44) 99828-0664


Conteúdo de responsabilidade da colunista.

Fonte:

Deixe seu comentário