Portal da Cidade Paranavaí

Biomedicina

Doença inflamatória, obesidade é fator de risco para a covid-19

A biomédica esteta, Paula Franzini, explica a importância de manter uma vida com hábitos saudáveis para que a obesidade não acarrete outras doenças.

Postado em 17/06/2020 às 08:30 |

Paula atende na Clínica Paula Franzini, rua Pedro Miranda, 1212, Jardim Ouro Brando, em Paranavaí.

A obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, além de ser um dos principais fatores de risco para várias doenças, inclusive a covid-19, conforme estudos da Escola Nacional de Saúde Pública.

Outra pesquisa mostra que ela ainda pode levar a diversas doenças renais como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares, e até alguns tipos de câncer. Todas essas doenças aumentam os riscos no quadro de covid-19.

Outros fatores de risco para o novo coronavírus são as doenças inflamatórias crônicas e o comportamento individual de nosso sistema imune à agressão viral. Podemos citar diabetes, asma, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), hipertensão, obesidade e aterosclerose.

A obesidade é uma doença inflamatória, pois o tecido adiposo é um órgão secretório ativo que produz moléculas inflamatórias e imunes que podem se envolver nas complicações relacionadas à obesidade e, por isso, pode acarretar ainda mais complicações em pessoas que são contaminadas pelo vírus.

Outro ponto é que as pessoas obesas geralmente possuem uma capacidade respiratória menor por conta do peso elevado. Isso significa que a expansão dos pulmões são menores e pode dificultar a recuperação da covid-19.

Sabe-se que quanto mais elevado é o peso do corpo, mais esforço nosso coração precisa fazer para bombear sangue e deixar tudo funcionando perfeitamente, o que sobrecarrega o órgão para bater mais rápido que o ideal.

A obesidade também é responsável pelo aumento do número e volume de adipócitos, que são as células de estoque de gordura, em nosso corpo. Em excesso, essa gordura em excesso pode formar placas e "entupir" artérias, causando um estado inflamatório que pode favorecer a insuficiência cardíaca, entre outras doenças.

Se você é uma pessoa obesa e já tem sentido as complicações na sua qualidade de vida, a hora para reverter esse quadro e eliminar peso é agora!

Mesmo neste período de isolamento social é possível começar a sua transformação por meio da construção de novos e saudáveis hábitos, que é fundamental para eliminar os quilos a mais.

Manter uma boa rotina alimentar, praticar exercícios físicos, dormir bem e baixar o estresse é muito importante não só para diminuir o peso na balança, mas para reduzir também os riscos à saúde.

A obesidade é muito mais do que o que você vê. Tratar a obesidade com respeito é conhecer suas verdadeiras causas e não prometer receitas milagrosas de emagrecimento. É compreender que os obesos precisam de mais apoio e de menos julgamento!

Que tal aproveitar o dia de hoje para saber mais sobre o assunto, quebrar estigmas, conversar com seus amigos e familiares e incentivar que todos tenham uma vida saudável e afinada?! O "Afine-se" é um programa de gestão de peso supervisionado, saudável e sustentável. A equipe multidisciplinar tem como principal objetivo a geração de hábitos saudáveis, melhora da qualidade de vida e da saúde em geral. A perda de peso é consequência de boas escolhas!


Conheça a colunista 

A biomédica esteta, Paula Franzini (CRBM 0494), atua como estrategista em emagrecimento com o programa “Afine-se”. Também trabalha com mesoterapia para gordura localizada, microagulhamento em tratamentos de rejuvenescimento, botox, preenchimento, Procedimento Estético Injetável para Microvasos (Peim), massagem relaxante, limpeza de pele, fotodepilação e muito mais.

Acompanhe a especialista pelo Facebook e Instagram: @clinicapaulafranzini

Serviço

Paula atende na Clínica Paula Franzini, rua Pedro Miranda, 1212, Jardim Ouro Branco, em Paranavaí.

Telefones: (44) 3423-8058

WhatsApp: (44) 99714-4541


Conteúdo de responsabilidade da colunista.

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário