Portal da Cidade Paranavaí

Opinião

Aroma único e sabor inconfundível. Café faz bem ou mal?

"Os benefícios do café dependem das doses que ele é consumido. Outro ponto é o modo como é preparado ", explica a nutricionista, Nassara Jorge.

Postado em 13/06/2019 às 08:10 |

(Conteúdo Patrocinado)

Este pequeno grão é um dos produtos mais queridos entre as pessoas. O café faz parte da nossa cultura alimentar de diversas formas. Quando consumido de forma moderada e individualizada, pode trazer benefícios a saúde.

Um estudo da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard (EUA), desenvolvido durante dez anos com 50 mil voluntárias, aponta que o consumo de café está associado a uma menor probabilidade de desenvolver depressão.

Outra pesquisa da mesma universidade identificou um aumento nos níveis de adiponectina em pessoas que consumiram café. Esse hormônio auxilia a insulina na sinalização para o aproveitamento da glicose pelas células.

Além dos citados, outros estudos já apontaram benefícios no consumo do café, principalmente quando relacionado ao seu potencial antioxidante, devido a quantidade e variedade de polifenóis e flavonoides.

O consumo de café demonstrou ser positivo na velocidade de codificação e processamento mental, por causa da cafeína. Ela atua no sistema nervoso central como um estimulante direto por inibir a ação da adenosina, substância que participa do sistema de freio do cérebro, funcionando como um “discreto” calmante. Com esse efeito, a cafeína nos deixa mais atentos e concentrados, diminuindo a fadiga mental. 

A substância também é conhecida por causar vasodilatação dos brônquios pulmonares, otimizando a respiração. Além disso, diminui a percepção do cérebro sobre o cansaço, estimula o metabolismo e aumenta a queima das gorduras. Por isso o café é famoso como um alimento termogênico. Muitos atletas o utilizam antes das atividades físicas para melhorar seu desempenho.

É importante lembrar que os benefícios do café dependem das doses que ele é consumido. Como outros compostos, em excesso, pode fazer mal, especialmente pelo teor de cafeína contido nessa bebida. 

Outro ponto a se considerar é o modo que o café é preparado, é melhor o coado ao invés do expresso. Consumir a bebida com açúcar pode ser fatal. Alguns estudos mostram que ingerir diariamente mais de 680 gramas de bebidas com muito açúcar têm o dobro de chances de morrer de complicações cardíacas, em comparação com as que consomem menos de 30 gramas por dia. Então é fundamental tirar todo o açúcar do cafezinho e se acostumar com o verdadeiro sabor.

Alguns casos existem a proibição do consumo do café e essa restrição deve ser cumprida. 

Concluímos que o consumo moderado de café (duas a quatro xícaras ao dia) exerce efeito na prevenção de doenças, só assim você aprecia o sabor e aproveita os benefícios.


Serviço

A nutricionista, Nássara Radige Jorge (CRN 6377), atende na clínica Pró-Saúde, localizada na Rua Getúlio Vargas, número 1560, Centro de Paranavaí.

Telefones: (44) 3045-3722 ou (44) 99918-5410.

Acompanhe a especialista pelas redes sociais: Facebook e Instagram.

Este texto é de total responsabilidade da colunista. As opiniões expressas nele não representam, necessariamente, as posições do Portal da Cidade Paranavaí.


Fonte:

Deixe seu comentário