Portal da Cidade Paranavaí

Investigação

Suspeito de agredir brutalmente estudante em Maringá é preso em Alto Paraná

Segundo a Polícia Militar, as agressões deixaram o rosto do jovem desfigurado e os dentes foram arrancados à força. Ele precisou ser internado na UTI

Postado em 23/01/2021 às 09:29 |

Suspeito foi preso na manhã desta sexta-feira (22). (Foto: Portal da Cidade Paranavaí)

A Polícia Militar (PM) prendeu na manhã desta sexta-feira (22), um homem de 25 anos, suspeito de ter roubado e agredido o estudante universitário, Jadson Gabriel dos Santos Machado, na madrugada do último dia 9, na cidade de Maringá.

Segundo a Polícia Militar, o crime foi praticado com extrema violência e causou a internação do rapaz na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde ficou vários dias inconsciente. As agressões deixaram o rosto do jovem desfigurado e os dentes foram arrancados à força. O jovem foi encontrado  dentro de um barracão abandonado próximo à rotatória do Shopping Catuaí, na BR-376.

Na semana passada a polícia localizou o aparelho celular da vítima, além de uma arma de fogo, um revólver calibre .38 com seis munições, apreendidos pelos policiais militares do 4º Batalhão da Polícia Militar de Maringá, com um homem que teria comprado o aparelho. Ele foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos.

Com a identificação do suspeito, a justiça solicitou a prisão dele. Nesta sexta-feira (22) policiais militares do 8º Batalhão de Polícia Militar de Paranavaí conseguira capturar o suspeito.

Ainda conforme a polícia, o homem estaria pernoitando no albergue de Maringá antes do crime, e depois fugiu para Alto Paraná. Ele foi na Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.

O Portal GMC Online, apurou com a Polícia Civil que o suspeito, identificado como Diego Gonçalves Rodrigues tem outras passagens pela polícia “Ele tem dois registros criminais já. Um deles por um roubo cometido em Paiçandu em 2016 e também responde por um homicídio cometido em Alto Paraná”, disse o delegado Luiz Henrique Vicentini. 

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas