Portal da Cidade Paranavaí

Segurança

Policial de Paranavaí convocado para dar apoio a plano do Ministério da Justiça

De acordo com o documento, Pinheiro, que possui expertise na área de combate ao crime organizado, deverá dar apoio ao projeto pelo período de um ano

Postado em 11/03/2019 às 16:15 |

Na foto, Pinheiro com seu amigo e ex-companheiro de trabalho, o prefeito Delegado KIQ (Foto: Divulgação: Prefeito KIQ)

O policial paranavaiense Luiz Henrique Pinheiro, investigador da Polícia Civil do Estado do Paraná, foi convocado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) para prestar apoio, junto a Secretaria de Operações Integradas, durante a implementação do Plano Nacional de Segurança Pública (PNSP). O plano terá como objetivo, por exemplo, reduzir homicídios e demais crimes violentos letais.

De acordo com ofício enviado pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça à Secretaria de Estado de Segurança Pública do Paraná, o plano é uma prioridade da atual gestão e, portanto, “se faz necessário profissionais qualificados que consigam construir um sistema integrado de coordenação, comunicação, comando e controle, oportunizando uma possibilidade de melhoria sensível e geral na segurança pública do país”.

Ainda de acordo com o documento, Pinheiro, que possui expertise na área de combate ao crime organizado, deverá dar apoio ao projeto pelo período de um ano a contar da data de sua apresentação e com possibilidade de prorrogação.

Em seu despacho autorizando a disponibilização do servidor, o delegado-chefe da 8ª SDP, Luiz Carlos Manica aproveitou para destacar a importância da escolha e participação do investigador “pelo seu preparo e oportunidade única, somado ao fato de que o servidor sempre tem demonstrado interesse pessoal e incondicional em dedicar sua atividade a vários cursos preparatórios na prática de operações policiais e inteligência junto a Divisão de Polícia Especializada do Estado”. 

Agora, Pinheiro passará a residir em Brasília, porém vai percorrer o país, pois fará parte da Coordenação Geral de Fronteiras e trabalhará em conjunto com a Coordenação Geral de Combate ao Crime Organizado, que já conta com outro paranavaiense, o Tenente Kummer, da Polícia Militar do Paraná.


Fonte:

Deixe seu comentário