Portal da Cidade Paranavaí

Madrugada de quarta

Mais de 50 vasos de bronze e cobre são furtados do cemitério de Paranavaí

Segundo a administração do cemitério, ladrões invadiram o local na madrugada desta quarta-feira (16) e levaram dezenas de vasos dos túmulos

Publicado em 16/03/2022 às 09:59
Atualizado em

Peças em cobre e bronze foram furtadas. (Foto: Portal da Cidade Paranavaí)

O Cemitério Central de Paranavaí foi alvo de bandidos na madrugada desta quarta-feira (16). De acordo com o administrador do local, Amílcar Pereira, ao chegar no local durante a manhã, realizou uma ronda, como de costume, e percebeu que dezenas de vasos de bronze e cobre foram levados dos túmulos.

"Eles [ladrões] já vinham fazendo isso há alguns dias, mas levavam um ou dois, desta vez, acredito que foram mais de 50 vasos. Eu até peço para as pessoas que têm seus entes queridos enterrados aqui, para não colocarem vasos de bronze, porque são chamariz para esses bandidos. Coloquem de alumínio, porcelana, pedra, que são menos valiosos e a chance de roubar é menor", diz o administrador.




LEIA TAMBÉM:

Jovem é morto a tiros no Centro de Nova Esperança


Pereira afirma ainda que acredita que os bandidos estão indo de carro, durante a madrugada, pois as peças são pesadas e difíceis de carregar. "Eles pulam o muro, pois os portões sempre estão trancados neste horário", ressalta.

O administrador do cemitério acionou a Guarda Municipal (GM) para registrar o furto.


O cemitério divulgou os nomes de algumas pessoas e/ou famílias que estão enterradas nos túmulos que tiveram vasos furtados. Veja abaixo:

  • José Godoy Sobrinho
  • Tekinha Felipe
  • Nilton Schorr
  • Jorge Mioshi
  • Família Nagashim
  • Família Mataruco
  • Antônio Jacomel
  • Família Nocelin
  • João Nascimento Tulho
  • Família Cavalieri
  • Família Passador
  • Família Rigobelo

Além dessas, que foram identificadas, outras sepulturas também podem ter sido alvo de bandidos. O administrador pede que familiares, que têm peças de bronze ou cobre nos túmulos de entes queridos, passem no cemitério para conferir se o objeto não foi furtado.


*Colaboração: Repórter Pedro Machado


Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário