Portal da Cidade Paranavaí

Mães Intercessoras

Exemplo de fé: mães de Paranavaí se reúnem semanalmente para orar pelos filhos

O projeto das "Mães Intercessoras" surgiu há 12 anos na paróquia São Sebastião. Atualmente, existem mais de 25 grupos na Diocese de Paranavaí.

Postado em 14/09/2021 às 11:40 |

Grupo de mães da Paróquia São Sebastião tem mais de 100 participantes. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Catarina Miranda

Mães: são elas que geram vidas, amam e protegem de todo coração. O amor de mãe é o maior, mais sincero e vai além dos gestos físicos. Muitas mulheres são religiosas e mantêm os filhos nos pensamentos e nos pedidos de oração principalmente quando eles estão distantes. Um exemplo de fé é o "Grupo das Mães Intercessoras" que se reúnem semanalmente e conta mais de 100 participantes na paróquia São Sebastião e mais de 1000 membros pelas igrejas da Diocese de Paranavaí.

A coordenadora dos grupos de Mães Intercessoras da Diocese de Paranavaí, Gisele de Lourdes Fernandes Cardoso, de 51 anos, conversou com o Portal da Cidade e conta a história do grupo, que existe no mundo inteiro, e surgiu na Diocese há 12 anos, com ela.

"Uma tia de Apucarana participava do grupo e me explicou como funcionava, eu me interessei, mas na época não desenvolvi. Tudo se iniciou pouco depois quando vi a oportunidade e conversei com outras mães que estavam no Centro Catequético da paróquia São Sebastião", diz Gisele.

Confraternização São Sebastião, dezembro de 2019.

Ela relata que conversou com o pároco da época e foi permitido que elas usassem a capela da catequese para rezarem juntas, enquanto as crianças estavam no encontro catequético. Durante uma hora, uma vez por semana, elas se reuniam para orar pelos filhos.

"Por conta da pandemia ficamos um tempo paradas e o grupo da paróquia São Sebastião começou a fazer transmissões ao vivo. Deu tão certo que vamos continuar com as lives, mesmo com as mães vindo presencialmente, pois muitas outras são de cidades diferentes e querem rezar também!", completou.

Atualmente, existem vários grupos de Mães Intercessoras espalhados pelas igrejas da Diocese de Paranavaí e cada um tem uma coordenação e programações específicas. Alguns já voltaram a se reunir presencialmente, outros ainda não foram liberados por conta da pandemia da covid-19.

Mulheres da paróquia São Paulo, em Paranavaí.

"Os grupos são engajados e participam frequentemente da atividades e celebrações que são feitas na igreja e pela igreja. O mais importante é a dedicação e o carinho com todos os pais!", relata Gisele. Ela ainda diz que as atividades não estão restritas apenas às mulheres, e que também existem grupos para os homens.

Os grupos de mães intercessoras em Paranavaí são da catedral Maria Mãe da Igreja (jardim Iguaçu), paróquias São Sebastião (Centro), São Paulo (jardim Alvorada do Sul), Nossa Senhora do Carmo (jardim São Jorge), Nossa Senhora Aparecida (jardim Ipê), Nossa Senhora de Fátima (Sumaré), Santa Rita de Cássia (jardim Morumbi) e São José Operário (Vila Operária). Além das capelas Sagrado Coração de Jesus (jardim Campo Belo), São Vicente de Paulo (Vila City) e Nossa Senhora das Graças (jardim Maringá).

"Mães Intercessoras" da Paróquia Nossa Senhora do Carmo.

Grupos como os de Paranavaí se expandem pelos distritos e cidades da região, como Mandiocaba, Graciosa, Terra Rica, Guairaçá, São Carlos do Ivaí e Porto Rico.

Grupo de mães do distrito de Mandiocaba.

O bispo de Paranavaí, Dom Mário Spaki, explica que dentro da Igreja Católica há muitas pastorais que foram nascendo ao longo do tempo para que cada classe de pessoas, como as crianças, idosos, jovens, entre outras, fossem atendidos mais de perto.

Dom Mário Spaki

Graças

São mais de 50 pastorais em movimento e eu acho muito bonito esse grupo que tanto cresce, porque se existe alguém que reza pelos filhos, são as mães e elas fazem isso de um jeito admirável! Sempre acompanham os filhos com muito cuidado e amor, mesmo quando estão longe, elas os alcançam com suas orações e com esses gestos de pura bondade.

Dom Mário Spaki

Além dessa iniciativa, o bispo reforça que em algumas igrejas há o terço dos homens, que se reúnem para orar pelas famílias.


Como participar?

Quem quiser participar do grupo das “Mãe Intercessoras" pode procurar a paróquia do seu bairro para verificar se existe o desenvolvimento do projeto.

Na paróquia São Sebastião os encontros acontecem as terças-feiras às 18h. Nas quartas-feiras às 15h30 e com transmissão pelo YouTube no canal Santuário do Carmo - Paranavaí (CLIQUE AQUI).

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias