Portal da Cidade Paranavaí

Maus-tratos

Cão morre após ser resgatado com o corpo consumido por larvas em Paranavaí

Segundo a SPAP, animal tinha feridas e larvas, que não eram recentes e o consumiram vivo. Dono disse que ferimentos foram causados por outro cachorro.

Postado em 04/06/2019 às 10:37 |

Animal morreu pouco tempo depois de ser resgatado. (Foto: Divulgação/ SPAP)

(Foto: Divulgação/ SPAP)

(Foto: Divulgação/ SPAP)

Um cachorro de raça não definida morreu na última sexta-feira (31) após ser resgatado em situação de maus-tratos em uma residência, no Jardim São Jorge. Segundo informações da coordenadora do Setor de Zoonoses da Vigilância em Saúde, Ana Souza, o animal foi localizado depois de uma denúncia através da Ouvidoria Municipal, informando a situação de maus-tratos. A equipe foi até o local para verificar a situação e encontrou o animal em situação grave com vários ferimentos repletos de miíases (bicheiras). 

Conforme o setor de Zoonoses, o proprietário estava na residência e informou que o cachorro foi atacado por outro cão da raça Pit Bull, que também é dele. O homem disse que estava aguardando um conhecido para levar o animal atacado ao veterinário.

A equipe da Vigilância prestou os primeiros socorros ao cachorro atacado e encaminhou o animal para a Sociedade Protetora dos Animais de Paranavaí (Spap). Mesmo assim, o cachorro não resistiu e morreu pouco tempo depois.

Segundo a Spap, o cão estava anêmico, magro e muito debilitado. No corpo dele haviam feridas e larvas, que não eram recentes. “São feridas ocasionadas há dias e as miíases [bicheiras] vinham devorando a estrutura corpórea do animal. Chegaram a romper a traqueia, onde piorou o quadro do animal, e ele veio a óbito minutos depois de ser recolhido”, explicou a Spap.

Outra equipe da Vigilância também verificou a situação de outros animais que estavam na residência. "O proprietário recebeu várias notificações para adequar situações de cuidado com os bichos, como melhoria da situação de aglomeração dos cachorros, limpeza de um chiqueiro de porcos e cuidados com um cavalo. Ele recebeu prazo até a próxima sexta-feira, dia 7, para atender a todas as melhorias solicitadas nas notificações, quando a equipe vai voltar ao local para conferir se tudo foi atendido",  explicou a Vigilância em nota.

A Vigilância informou ainda que, no caso do cão que morreu, é preciso aguardar o laudo veterinário sobre as reais condições do animal para tomar as medidas cabíveis. “É preciso verificar, através do laudo, se o cachorro estava recebendo maus-tratos ou a morte foi realmente um acidente de briga entre os animais no quintal. Depois disso é que vai ser determinado se o proprietário cometeu uma infração ou crime de abandono, se vai ser multado.”

Crime

Maltratar animais, além de ser crime previsto em Lei Federal, agora também é crime previsto em Lei Municipal. Quem for flagrado cometendo esse tipo de crime, em Paranavaí, pode ser multado.

Os valores para multas leves são de R$ 1.000,00 a R$ 2.000,00 e grave de R$ 2.001,00 a R$ 4.000,00, dependendo da gravidade do caso. Em caso de reincidência, o valor da multa será dobrado.


Fonte:

Deixe seu comentário