Portal da Cidade Paranavaí

Economia

Bancos de Paranavaí mantêm atendimento com 30% dos funcionários

Mesmo com decreto estadual autorizando somente serviços essenciais, agências bancárias continuam atendendo com efetivo reduzido

Postado em 25/03/2020 às 10:22 |

Bancos vão atender com 30% dos funcionários em regime de rodízio. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Após reuniões e negociações nesta terça-feira (24), representantes dos bancos de Paranavaí decidiram manter o atendimento presencial das agências com 30% dos funcionários, em regime de rodízio. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Paranavaí e região, até o momento, apenas o Bancos do Brasil e Itaú, suspenderam totalmente os atendimentos ao público.

De acordo com o Presidente do Sindicato, Wendrel Minare Vieira, a maioria dos representantes dos bancos afirmaram que  não será possível uma ruptura total do atendimento, pois as pessoas têm necessidade de sacar benefícios, no caso dos aposentados, e dos demais clientes, de usar a estrutura dos caixas eletrônicos. 

"Eles querem manter o atendimento da forma como está sendo, com 30% do quadro de funcionários trabalhando nas agências e fazendo rodízio, e o restante 70% fazendo Home Office e mantendo afastados aqueles que se encaixam no grupo de risco", explica o presidente.

Ainda segundo Vieira, decretos estaduais e municipais deixam claro em seus textos que as agências bancárias deverão estar fechadas, funcionando somente serviços de compensação, caixas eletrônicos e demais serviços não presenciais, mas as determinações do decreto não estão sendo cumpridas pela maioria dos bancos, nem cobradas pelas autoridades competentes.

O decreto assinado pelo governador do Paraná, ratinho Junior, no último domingo (22), autoriza somente serviços essenciais como os de compensação, cartões de débito e crédito, caixa eletrônico e serviços não presenciais, os quais os profissionais podem fazer de casa, devem funcionar nos bancos.

O que diz a Febraban

Nesta terça-feira (24) a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) informou que as agências vão funcionar em horário diferenciado e com limite de pessoas, atendendo apenas transações essenciais.

"As agências realizarão atendimento ao público pelo período mínimo das 10 horas às 14 horas, enquanto for necessário para atender às necessidades de combate à disseminação do COVID-19, responsável pela atual pandemia.   Para atendimento exclusivo para idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências, o atendimento será das 9 horas às 10 horas. Os clientes serão informados dos novos horários por meio de comunicado na própria agência", explicou a Febraban.

A Federação também orienta que, neste período, os usuários utilizem a internet para fazer agendamento e pagamento de contas, consulta de saldos e extratos, transferências financeiras, contratação de serviços e empréstimos, entre outros serviços. Nos aplicativos e internet banking, os clientes poderão encontrar ferramentas úteis para todas as necessidades, além de ter acesso a comunicados e canais de atendimento.

Fonte:

Deixe seu comentário