Portal da Cidade Paranavaí

Porto Rico

Após 18 dias, buscas por servidor desaparecido no Rio Paraná são encerradas

Corpo do Servidor da 14ª Regional de Saúde, Noel Rocha da Silva, de 58 anos, que trabalhava visitando ribeirinhos, não foi encontrado

Postado em 01/03/2021 às 10:33 |

Servidor desapareceu no dia 11 de fevereiro enquanto trabalhava. (Foto: BPMOA)

Após 18 dias de buscas pelo Rio Paraná, em Porto Rico e região, o 9º Subgrupamento de Bombeiros Independente (9º SGBI), de Paranavaí, encerrou neste domingo (28) as buscas pelo servidor estadual Noel Rocha da Silva, de 58 anos, que trabalhava para a 14ª Regional de Saúde, em Porto Rico.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a procura pelo trabalhador começou na tarde do dia 11 de fevereiro, assim que foi comunicado o desaparecimento. O protocolo interno dos bombeiros para casos como esse prevê, 15 dias de buscas, mas, segundo o Tenente Victor Kamei, se estendeu por mais três dias por conta da necessidade e complexidade do caso.

Em todo esse tempo foram realizadas buscas submersas (mergulhos), procura pela superfície com o auxílio de barcos e buscas aéreas com o apoio do  helicóptero de Batalhão de Operações Aéreas (BPMOA) da Polícia Militar do Paraná

O tenente explica que cerca de 100 quilômetros foram percorridos diariamente pelas equipes envolvidas nas buscas. Além disso, o Corpo de Bombeiros contou com o apoio da Marinha do Brasil, da população de Porto Rico e também do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), bombeiros de Curitiba, especializados em buscas e salvamentos.

"Diante da falta de informações e das incertezas, de não saber exatamente o que aconteceu e onde ele caiu, infelizmente, não conseguimos encontrar o corpo. Foi dada como encerrada as buscas", explicou o tenente.

Agora, o caso será passado para a Polícia Civil, que ficará responsável pelas próximas investigações.

Desaparecimento

De acordo com o diretor da 14ª Regional de Saúde, Nivaldo Mazzin, o servidor trabalhava do núcleo de entomologia e realiza visitas à população ribeirinha nos portos da região, monitorando doenças como febre amarela e malária.

Silva atua na saúde há 35 anos e desapareceu na no dia 11 de fevereiro durante do trabalho no Rio Paraná. O barco em que a vítima estava foi localizado a aproximadamente 23 quilômetros de Porto Rico, ainda com o motor ligado, porém o trabalhador não foi encontrado. Ele chegou a visitar uma ilha durante a manhã em que desapareceu, porém, depois não foi mais visto.

Fonte:

Receba as notícias de Paranavaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário