Olá Visitante! Cadastre-se ou faça seu Login
Login com Facebook
ou
Você está em Paranavaí / PR

Você está aqui: Home / Colunistas / Tecnologia / As crianças e a tecnologia
Atualizado


As crianças e a tecnologia

Muitos são os desencontros de opiniões quando se discute o uso de tablets ou smartphones por crianças. É uma luta inglória e, muitas vezes, acabamos por ceder e oferecer tal “sedativo” a elas, por um pouco de paz. Mas, frequentemente nos deparamos, em nosso exame de consciência, com a seguinte dúvida: o que é certo fazer? permitir ou proibir?


Desconsiderando as discussões sobre as recomendações em relação ao tempo de uso, a luminosidade do ambiente, o acesso a conteúdo impróprio ou questões do gênero, sempre que sou tomada por essa dúvida também me questiono sobre posicionamentos radicais. Qual o impacto de blindarmos as crianças desses aparatos?


O retrato do momento em que vivemos é recheado de formas de comunicação, aprendizagem, trabalho, entretenimento que acontecem por meio desses equipamentos, muito provavelmente, na fase adulta nossas crianças usarão gadgets (dispositivos) atualmente inimagináveis, mas com certeza ainda mais conectados, mais inteligentes e com maiores possibilidades. A negativa de hoje pode ser a sentença do despreparo para o amanhã.


Passada essa fase da reflexão prefiro buscar no horizonte solução a outro aspecto da situação: como as crianças podem usufruir deste universo de forma produtiva e aplicada? As respostas que encontro me dão conta que aquele App (aplicativo) que coloca filtros em selfies e fotos pode ser usado para um trabalho de ciências ou de geografia.


Os editores de vídeo, mesmo aqueles gratuitos e sem muitos efeitos, podem ser úteis nas tarefas de linguagem e produção de texto, pois contar uma história por meio de um vídeo, favorece a reflexão sobre a abordagem, compreensão, seleção, sequência e desfecho dos fatos, além do que a inserção de uma boa trilha sonora dá fluidez à sensibilidade, à reflexão sobre a história que se quer contar. É viável ir além da produção de texto, é possível produzir conteúdo sobre praticamente qualquer assunto, evento ou atividade.


Também está em alta uma nova categoria de aplicativos, os gamificados, pois incluem fases e recompensas em troca de algum tipo de treino ou aprendizagem. Estes jogos educativos estão disponíveis para o ensino de línguas estrangeiras, maratonas do ENEM, entre outros. 


Arremato me lembrando que desde sempre os pais se preocupam com as companhias dos filhos, com seus estudos, sua alimentação, sua saúde e o cenário digital continua requerendo bom senso e vigília. Estimulemos a responsabilidade, a criticidade, a criatividade e coloquemos as crianças em posição de domínio e não de dominados pela tecnologia, que acima de tudo o tempo em frente a estes equipamentos seja útil e produtivo, mesmo que por um tempo necessite de monitoramento.



Fonte: Daniela Eloise Flôr

Deixe seu comentário

Você está em Paranavaí / PR
Portal Paranavaí
Unidade Paranavaí, PR


-
© 2008-2017 Copyright Franquia Portal da Cidade ®